Parede de cara nova: veja como compor sua própria galeria



Sempre é possível inovar e deixar a decoração da casa mais moderna e agradável. Um bom exemplo disso é a composição de galerias (ou mural) com fotos e objetos que dão uma cara nova a qualquer parede.

Mas, essa tarefa nem sempre é fácil. Muitas vezes, os itens podem não conversar entre si ou ficar desalinhadas. Por isso, separamos algumas dicas que certamente facilitarão na hora de colocar a mão na massa:

1 – Planejando a parede da galeria

Uma boa galeria requer planejamento. O primeiro passo é identificar uma parede que precisa de um upgrade de estilo: paredes grandes ou vazias, espaços ao lado de uma escada, ou a primeira parede que você nota quando você entra em um quarto, por exemplo.

Em seguida, determine que tipo de estilo você pretende dar à sua parede. Imagens clássicas em preto em branco ou obras de arte e objetos coloridos para dar um ar mais pop? Prefere uma parede ordenada e simétrica ou uma coleção orgânica?

Por fim, observe o espaço. Você tem uma parede inteira para brincar ou apenas alguns metros quadrados? É um espaço vertical ou horizontal? Tudo isso ditará quantos itens você poderá usar.

2 – Escolha quais itens irão compor a galeria

Agora que você já tem um espaço escolhido e um objetivo de estilo, precisa definir o que será pendurado.  Sua galeria poderá seguir uma abordagem unificada com itens semelhantes, como fotografia, espelhos ou pratos; ou mais eclética com combinação de vários itens, como imagens, objetos e pinturas.

Também é possível montar uma galeria com cestas, capas de álbuns de vinil, quadros antigos ou até mesmo espelhos de com diferentes formas e tamanhos.

3 – Pendurando os itens da sua galeria

Para que tudo saia como o esperado, é necessário planejar o layout a ser pendurado. Você pode fazer isso das seguintes formas:

No chão: Use alguma fita delimitar um espaço no chão do mesmo tamanho que a área da parede. Comece organizando sua coleção dentro do contorno no chão até que você esteja satisfeito com ele. Quando o layout estiver completo, tire uma foto dele e anote as distâncias entre os itens. Pendure os itens na parede no mesmo espaçamento, um de cada vez.

Na parede: Esboce a forma de cada objeto em um pedaço de papel, rotule e vá colando os moldes na parede até atingir o layout desejado. Só então, pendure a peça real onde a forma de papel foi gravada.

4 – Alternativas aos pregos

Se você não pode ou não quer fazer um monte de buracos na parede, pode contar com outras opções para compor sua galeria.

A fita adesiva é uma boa alternativa, já que o adesivo é forte o suficiente para aguentar quadros de fotos e acompanham apoio de velcro para fazer a remoção ou substituição de itens na parede.

Já as prateleiras flutuantes dão ainda mais autonomia para quem gosta de revezar os objetos. E embora essas prateleiras exijam a colocação de pregos, você irá usar muito menos do que se fosse pendurar cada item individualmente.

Também é possível contar com um sistema de suspensão de galeria de museu, composto por hardware de aço intercambiável e cabos que pendem de uma faixa no teto ou na parede superior. Além de diminuir os buracos, esse sistema adiciona uma borda industrial e contemporânea à parede da sua galeria.

A parte mais legal de fazer sua própria parede de galeria, é que existem infinitas possibilidades de criar as coleções. Seja criativo para compor um espaço contemporâneo e exclusivo para o seu estilo pessoal.


Gostou desse artigo, vote:

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Sem votos)
Loading...

Você poderá comentar, ou fazer um trackback no seu site.

Comentar