Escolhendo a cor ideal para seu quarto

Escolhendo a cor ideal para seu quarto



Para redecorar um ambiente, o primeiro passo que nos vêm à cabeça é mudar a cor das paredes não é mesmo? Isso porque as cores influenciam diretamente no astral e no estilo que aquele espaço terá.

Se tratando do quarto, cômodo em que passamos a maior parte do tempo, mesmo que seja dormindo, a escolha da cor que terão as paredes é ainda mais importante. Para facilitar esse processo, elaboramos um “guia” que certamente facilitará essa decisão, acompanhe:

1º Entenda sobre cores

Quentes, frias, claras, escuras, fortes ou suaves – são inúmeras opções de cores disponíveis no mercado e saber mais sobre elas é fundamental.

Cores primárias (azul, vermelho e amarelo) são mais fortes e, por isso, mais ousadas. Esses tons são ideais para o quarto de crianças, por exemplo, pois deixam o ambiente mais alegre.

Já o verde, laranja, violeta e azul são cores que proporcionam uma sensação de relaxamento, sendo mais indicados para quartos com uma pegada mais clássica.

Tons neutros, por sua vez, são coringa em qualquer situação. Se está em dúvida sobre qual cor escolher, aposte no branco, bege ou cinza.

2º Que tipo de efeito pretende causar?

As cores têm esse poder: ditam o astral, o clima de cada ambiente. Portanto, é necessário saber que tipo de resultado pretende obter.

Para quem sofre de insônia ou tem dificuldades para dormir, as cores frias podem ser uma boa alternativa. Tons de verde ou azul são boas pedidas, já que possuem efeito “calmante”.

E se a intenção é deixar o quarto mais alegre ou divertido, o branco com certeza pode ajudar. Explico: por ser neutro, o branco permite abusar nas cores que irão compor os móveis, quadros e outros objetos decorativos.

3º Combine a cor das paredes com a dos móveis

Essa etapa é crucial para que o seu quarto não vire um circo. Brincadeiras à parte, criar composições que sejam harmônicas entre as cores da parede e dos móveis faz toda a diferença na decoração.

Móveis clássicos ou com estilo vintage pedem cores mais neutras, com tons pasteis. Já se o mobiliário é mais moderno ou colorido, fica legal contrastar com tons mais claros. E, por fim, muito cuidado ao usar espelhos em paredes escuras, pois ao refletirem, podem causar uma certa confusão visual.

4º Qual o tamanho disponível?

Sem dúvida, o tamanho do ambiente é um dos fatores que interferem na escolha da cor da tinta para pintar as paredes.

Quanto maior o espaço, mais opções você tem disponível, podendo optar por cores fortes e vivas, que incluem o preto, azul escuro ou marrom. Já se o ambiente não é tão amplo assim, prefira tons mais claros ou neutros para aumentar a sensação de espaço e conforto visual.


Gostou desse artigo, vote:

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Sem votos)
Loading...

Você poderá comentar, ou fazer um trackback no seu site.

Comentar